Incra e Associação Brasileira de Antropologia firmam parceria

Com o objetivo de acelerar a regularização de quilombos, o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) e a Associação Brasileira de Antropologia (ABA) assinaram um acordo de cooperação técnica na última quarta-feira (19). Com a nova parceria, os órgãos pretendem agilizar a situação das comunidades quilombolas atendendo às exigências legais do Decreto 4887/2003.

O novo acordo pretende ampliar e difundir o conhecimento científico na elaboração de estudos técnicos e laudos para adiantar a normatização do processo de elaboração de relatórios antropológicos. Celso Lacerda, presidente do Incra, disse que “ com parcerias será possível avançar nas demandas históricas destes movimentos que são, muitas vezes, maiores que a  capacidade do instituto.”

Para a presidente da ABA, Bela Feldman Bianco, a partir de agora haverá uma melhoria na atuação de regularização, o que vai ajudar na conclusão de mais de mil processos abertos no Incra. “O reconhecimento dos quilombolas também é uma maneira do governo manter a população distante da pobreza além de garantir a inclusão social”, concluiu.

Com informações do Incra

De |outubro 24th, 2011|Notícia, Secundária|Comments Off on Incra e Associação Brasileira de Antropologia firmam parceria