Encontro Afro-goiano estimula a inclusão pelo empreendedorismo étnico-cultural



Goiânia, 19/9/07 – A quarta edição do Encontro Afro-goiano possui programação onde a oportunidade de aprender entremeia os três dias do evento (21 a 23 de setembro), realizado na Cidade de Goiás, na região central do Estado, distante 135km de Goiânia. A Fundação Cultural Palmares/MinC é uma das apoiadoras do evento, a qual estará representada em uma mesa redonda sobre culturas tradicionais, no dia 21 de setembro.

Serão 28 oficinas destinadas aos participantes do encontro, técnicas como Penteados Afro, Confecção de Instrumentos Afro-brasileiros, Composição de Rap, Danças afro, Plantas Medicinais, Culinária Quilombola e Estética e Moda Afro.

Entre as apresentações culturais estão 15 atrações, divididas entre o Teatro São Joaquim e a Praça do Chafariz, no centro da cidade, com peças teatrais, manifestações afro-regionais, grupos de dança e de pagode e congadas mostrando a história e a força das comunidades afro-descendentes goianas e brasileiras, incluindo os estados do Amazonas e Maranhão.

Serão exibidos nove vídeos e filmes retratando a vida e o movimento negro, no Teatro São Joaquim, sendo que após as exibições acontecerão rodadas de debates com produtores de audiovisuais.

Uma efervescência cultural que terá no Museu das Bandeiras outro lugar de destaque no encontro, onde será realizada a Primavera dos Museus, com a promoção de shows, mostras e muito bate-papo sobre a capoeira.

A Feira Multi-Étnica, montada na Escola Letras de Alfenin, também deve atrair o interesse dos visitantes, que poderão encontrar no lugar barraquinhas de produtos confeccionados ao gosto e estilo afro, incluindo confecções, artesanato, souvenir e alimentação.

Promoção da inclusão e empreendedorismo

Com o objetivo de fomentar o desenvolvimento de políticas étnicas em Goiás, tendo como seu tema principal a inclusão pelo empreendedorismo étnico-cultural e a transformação da cultura afro em negócios, o Encontro Afro-goiano realiza, também, círculos do Conhecimento, Negócios e Acesso aos Mercados.

Palestrantes de todo o Brasil apresentam casos de sucesso de empreendedores negros no País, além de apontar experiências e oportunidades de negócios para as comunidades afro-descendentes. Expositores como Isabel Francisca Maia, representante da Comunidade Kalunga Engenho II, que falará das ações da Associação Kalunga de Cavalcante, instalada na região Norte de Goiás.

Idealizado pelo Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae em Goiás), com o apoio de parceiros, o Encontro Afro-goiano deste ano deve atrair um público de 2,5 mil pessoas, reunindo 20 comunidades afro-descendentes. São esperadas caravanas de comunidades de estados como o Maranhão e Amazonas. A programação completa do Encontro Afro-Goiano pode ser conferida no site http://www.sebraego.com.br

De |setembro 19th, 2007|Notícia|Comments Off on Encontro Afro-goiano estimula a inclusão pelo empreendedorismo étnico-cultural