Palmares

                                       Webmail    Mapa do Site    Fale Conosco
Ferramenta de Pesquisa





Conteúdo do Portal

Pathway


Programação cultural intensa marca aniversários da Palmares e da UnB

sexta-feira, by Ascom

Uma série de eventos marcam os aniversários de 29 anos da Fundação Cultural Palmares, comemorado no dia 22 de agosto, e dos 55 anos da Universidade de Brasília (UnB), celebrado em 21 de abril. Com programação intensa, que começa em 21 de agosto e prossegue até 30 de novembro, a parceria recebe o nome de Interconexões, título que valoriza os laços entre as duas instituições. O objetivo é, a partir de debates, sensibilizar o público do projeto sobre questões relacionadas à população negra.

A programação começa com a abertura oficial, no dia 21, às 14h, no Anfiteatro da Saúde, no Campus Darcy Ribeiro da UnB. A cerimônia contará com a presença do presidente da Fundação Cultural Palmares, Erivaldo Oliveira, além de representantes da Universidade de Brasília, do Ministério da Cultura (MinC), da Agência Nacional do Cinema (Ancine) e da professora Edileuza Penha de Souza, doutora em Educação pela UnB e especialista em Cinema. Na ocasião, haverá a abertura do I Encontro de Cineastas e Produtoras Negras, com a exibição do filme Alma no Olho, de Zózimo Bulbul e uma mesa de debates.

Para o presidente da Fundação Cultural Palmares, Erivaldo Oliveira, o  Interconexões vem de encontro às missões institucionais tanto da UnB quanto da Fundação. “A UnB busca produzir conhecimento, gerar pensamento crítico, organizar e articular os saberes, formar cidadãos, profissionais e lideranças intelectuais. Já a Palmares tem como objetivo primordial desenvolver uma política cultural igualitária e inclusiva, para valorizar as manifestações culturais e artísticas negras brasileiras como patrimônios nacionais”, compara Erivaldo.

Segundo o presidente da Palmares, o projeto, que celebra o aniversário de duas entidades tão importantes, coloca em cena uma série de questões essenciais. “Queremos contribuir para a inclusão social e cultural da população afrodescendente e valorizar as matrizes que deram e dão subsídios à cultura brasileira. Mais do que isso: desejamos combater as condutas resultantes de preconceito, discriminação e de toda e qualquer atitude de hostilidade em relação a determinados grupos”, destaca Erivaldo Oliveira.

Por mais de três meses, virão à tona discussões sobre temas como combate ao racismo, ao preconceito, à discriminação e à intolerância religiosa, promoção da igualdade, difusão e preservação da cultura negra, exercício dos direitos e garantias individuais e coletivas dos afro-brasileiros, além do reconhecimento e respeito às identidades culturais dessa população.

Nas diversas mesas programadas, entrarão na pauta assuntos como O papel da Mulher no Mercado de Cinematográfico, As diversas Violências sofridas pelos Jovens Negros que ingressam nas Universidades pelo Sistema de Cotas Raciais, Literatura Negra Contemporânea - Mesa de Debate com Escritores e Escritoras, Respeito à Diversidade Religiosa e Música Negra.

Cinema negro

Dentre os destaques do Interconexões está o I Encontro de Cineastas e Produtoras Negras – Mostra de Cinema Negro, Debate e Sessões, de 21 a 25 de agosto, no Anfiteatro da Saúde, no Campus Darcy Ribeiro da UnB. Um dos filmes exibidos será Alma no Olho, de Zózimo Bulbul (1937-2013), de 1973. Ator, diretor, produtor e roteirista, Bulbul trabalhou com nomes importantes do Cinema Novo, como Glauber Rocha, Cacá Diegues e Leon Hirszman. Também atuou como primeiro negro protagonista de uma telenovela brasileira, ao lado de Leila Diniz, em Vidas em Conflito, no ano de 1969.

Estado, Racismo e Violências

No dia 22 de agosto, uma das questões mais importantes ligadas ao povo negro entrará em debate com a realização do seminário Estado, Racismo e Violências, das 9h às 17h,    no Instituto de Biologia, na UnB. O evento contará com presença de representantes do MEC, de alunos e de Universidades que implantaram o Sistema de Cotas, além de especialistas que debatem sobre o tema.

A programação de palestras inicia às 10h30, com o tema Racismo Institucional e Universidade, a cargo de Evandro Piza, doutor em Direito pela UnB. Às 14h, o professor titular do Departamento de Antropologia da Universidade Federal Fluminense (UFF), Julio Cesar Tavares, falará sobre Vidas Negras Importam: de que valem Mentes Negras?e o Professor Valter da Mata, mestre em Psicologia Social e Presidente do Conselho Regional de Psicologia da Bahia, dará uma palestra sobre Persistência da Raça nas Interações Sociais.

Literatura

Dentro do Interconexões, ainda vai acontecer o encontro Literatura Negra Contemporânea – Mesa de Debate com Escritores e Escritoras, em 23 de agosto, no Beijódromo, no ICC Sul, na UnB. Vale destacar que a Fundação Palmares tem apostado na divulgação da literatura com temática afro-brasileira, inclusive com recente participação na Festa Literária Internacional de Paraty (FLIP).

Em 2016, foram reconhecidos cinco trabalhos com esta perspectiva por meio do Prêmio Oliveira Silveira. Para 2017, a Palmares prepara a segunda edição do prêmio, agora com foco na literatura infanto-juvenil, e planeja a criação de um selo editorial para publicar clássicos afro-brasileiros fora de catálogo e autores contemporâneos.

Respeito à Diversidade Religiosa

O Interconexões ainda terá o seminário Muitos Caminhos – Um Único Encontro, em 24 de outubro. Vários líderes religiosos foram convidados para apresentarem, dentro de suas convicções religiosas,  que independentemente dos caminhos escolhidos é possível a convivência pacífica e o respeito à diversidade.

Música Negra

Na programação, acontecerá ainda a Batalha Hip Hop do Conhecimento, que usa o rap como instrumento para discutir temas ligados à educação, cultura e política, em 30 de novembro. Na UnB, o evento é realizado todas as quartas-feiras pelos alunos na Escadaria do Ceubinho,.

Confira aqui a programação


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *



Setor Comercial Sul - SCS
Quadra 02, Bloco C, nº 256 - Edifício Toufic - CEP 70.302-000 - Brasília - DF
Telefones: (61) 3424-0100

2017 - Fundação Cultural Palmares

(Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição Não Comercial 3.0 Brasil)


Retornar ao Topo do Portal