Du Bois é ícone mundial do movimento pelos direitos civis

William Edward Burghardt Du Bois ou W.E.B. Du Bois foi um sociólogo, historiador, escritor, editor e ativista negro norte-americano cuja obra exerceu enorme influência na luta contra o racismo nos Estados Unidos e no mundo. Na próxima quinta-feira, 23 de fevereiro, completam-se 150 anos de nascimento deste personagem expressivo da história.

Du Bois nasceu em Great Barrington, no interior do estado de Massachusetts, em 1868. Cresceu em uma comunidade onde não havia tantos conflitos raciais quanto em outras áreas. Em 1888, aos 20 anos, conseguiu o primeiro diploma, pela Universidade Fisk. Em 1890, obteve um segundo diploma, desta vez pela Universidade de Harvard. Após dois anos de estudo na Universidade de Berlim, recebeu o título de doutorado por Harvard.

W.E.B. Du Bois lançou mais de 20 livros, entre publicações acadêmicas, novelas e poesias. O intelectual atuou energicamente contra as injustiças sociais e raciais tão fortes em seu tempo. Fundador da Associação Nacional para o Desenvolvimento das Pessoas Negras (NAACP), também foi secretário do Primeiro Congresso Pan-Africano. Este movimento tinha como bandeira o fim do colonialismo, principalmente na África e na Ásia, onde as potências do Primeiro Mundo dominavam povos política e economicamente.

Seu envolvimento político o levou ao socialismo e, em seguida, ao comunismo. Além da causa dos negros, defendeu as mulheres, os judeus e os trabalhadores, tornando-se um dos fundadores do movimento pelos direitos civis, que ganhou força a partir dos anos 50 na América por meio de figuras como Martin Luther King e Malcom X. Du Bois morreu aos 95 anos, em 1963, na cidade de Acra, capital do Gana, país africano onde passou os últimos tempos de vida.

 

 

 

 

De |fevereiro 15th, 2018|Destaque, Notícia, Secundária|Comments Off on Du Bois é ícone mundial do movimento pelos direitos civis