Confira a Carta Pública em homenagem aos 30 anos da Fundação Cultural, encaminhada pela Coordenação Nacional dos Agentes de Pastoral Negros do Brasil – APNs.

Fundação Cultural Palmares, 30 anos apostando na cultura como forma de integração social do negro brasileiro. Os Agentes de Pastoral Negros do Brasil (APNs), enquanto entidade do movimento negro brasileira, manifesta nesta data histórica o seu compromisso social com a Fundação Cultural Palmares na celebração dos seus 30 anos, reafirmando o seu papel e sua importância histórica para a salvaguarda da nossa história negra e africana no Brasil. Legitimar e valorizar as expressões culturais e artísticas negras, garantindo o status de patrimônio nacional, desde 22 de agosto de 1988, é o objetivo da Fundação Cultural Palmares (FCP). Sendo a primeira instituição pública, voltada para a promoção e preservação da arte e cultura afro-brasileira, a Fundação garantiu o reconhecimento da influência da cultura negra na formação social do país. Várias expressões culturais afro-brasileira ainda são desconhecidas por parte da população. A sub-representação dessas manifestações nos meios de comunicação, espaços públicos e mercado cultural, é uma realidade. Essa invisibilidade, desconecta a população negra brasileira, de sua real historicidade e importância, reproduzindo preconceitos e discriminações e a consequente falta de autoestima. Garantir a valorização e respeito à diversidade da cultura, é um compromisso da Fundação Cultural Palmares, como lembra seu primeiro presidente, Carlos Moura. “A Fundação é luta de reinvindicação do movimento negro, em busca de que dentro do estado brasileiro tivesse algum órgão destinado ao diálogo, à divulgação da cultura negra na formação da nacionalidade. Um aparelho deste dentro do estado, ajuda a garantir a superação do racismo”, afirma. Carlos lembra ainda, que a Fundação Palmares foi a base de instrumentos como a SEPPIR (Secretaria de Promoção à Igualdade Racial) e que a luta por reconhecimento dos territórios quilombolas, também, é uma bandeira da Fundação. Ouvir lideranças, buscar soluções para suas reinvindicações, estabelecendo um horizonte fundamental para atingir os objetivos traçados junto ao movimento negro, é um dos pontos norteadores que garantirão a promoção, a integração social, cultural, econômica e política dos afro-brasileiros. Em 30 anos, a Fundação Cultural Palmares busca caminhos para legitimar o protagonismo da população afro-brasileira, encontrando espaços e alternativas para que o negro no Brasil, seja integrado à cultura, economia e política da vida social do país. Vida longa à Fundação Cultural Palmares! Agentes de Pastoral Negros do Brasil – APNs

De |setembro 3rd, 2018|Banner, Notícia|Comments Off on Confira a Carta Pública em homenagem aos 30 anos da Fundação Cultural, encaminhada pela Coordenação Nacional dos Agentes de Pastoral Negros do Brasil – APNs.