Há 185 era fundado o jornal Home de Cor

Comemora-se nesta sexta- feira (14) 185 anos do primeiro jornal brasileiro dedicado á luta contra o preconceito racial, intitulado como, O Homem de Cor, criado pelo jornalista poeta e tipógrafo Francisco de Paula Brito, que fundou também á Tipografia Fluminense de Brito e Cia, responsável pela publicação “Mulher do Simplício” primeiro jornal dedicado à mulher brasileira.

O lançamento do jornal ocorreu no antigo Largo do Rócio, atual Praça Tiradentes no centro do Rio de Janeiro, seu surgimento foi marcado por criticas e sátiras, mudou o nome para “O Mulato” ou “Homem de Cor” e apesar de durar apenas cinco edições, foi um importante instrumento para divulgação da informação naquele período.

A imprensa negra até os dias de hoje tem um papel fundamental no debate da questão racial e no reconhecimento do negro na sociedade, sendo assim o primeiro jornal produzido por um homem negro combatia muito mais que o preconceito racial, mas abria espaço para que outros jornais produzissem um conteúdo semelhante.

Após 185 anos da criação do jornal que revolucionou a trajetória do movimento editorial brasileiro a imprensa negra vem ganhando cada vez mais espaço e os frutos que produz devem ser difundidos.

De |setembro 14th, 2018|Destaque, Notícia, Secundária|Comments Off on Há 185 era fundado o jornal Home de Cor