Representante da FCP participa de ação na LBV no dia da Consciência Negra.

Nessa semana, por ocasião do Dia da Consciência Negra, a representante da Fundação Cultural Palmares (FCP) e coordenadora do Projeto Escola sem Racismo, Lorena Marques esteve na Legião da Boa Vontade (LBV) para dialogar com crianças sobre a temática do dia 20 de novembro e contribuir, em nome da instituição, no conjunto de atividades que foram desenvolvidas no templo. 

Lorena Marques contou sobre sua trajetória profissional, explicou sobre o Parque Memorial Serra da Barriga, palco das comemorações do dia da consciência negra e berço do Quilombo dos Palmares. No diálogo com crianças de 6 a 15 anos contou as histórias de Zumbi e Dandara, figuras importantes para o movimento negro.

A representante da Fundação Cultural Palmares discorreu sobre a história da África e falou da luta do empoderamento do povo negro. Os temas abordados por Lorena foram: valorização das diferenças, conceito de raça e sua construção social, miscigenação, ancestralidade e beleza negra.

O tema desse ano discute a valorização da diversidade estimulando o respeito às diferenças, discutindo abordagens para que crianças e adolescentes compreendam a importância do dia 20 de novembro.

As ações de conhecimento e conscientização realizadas no dia da Consciência Negra foram realizadas nas duas unidades sócio-educacionais mantidas pela LBV no DF, rodas de conversas divertidas e lúdicas serviram para crianças e adolescentes compartilharem suas experiências, fazerem perguntas e entenderem mais sobre a data.  As crianças de 3 a 5 anos fizeram uma exposição coletiva de trabalhos; gastronomia, apresentações culturais e contação de história sobre a luta dos povos negros e dos direitos à igualdade.

Todas estas ações realizadas na LBV fomentam o conhecimento, para que a educação seja perpetuada e as diversidades sejam respeitadas desde infância.