Universidades promovem semana de programação especial para celebrar o Dia da África, 25 de maio

Apesar do Brasil concentrar a maior população negra fora da África, pouco se sabe do continente de onde partiram os ancestrais de mais de 54% da população brasileira. As Universidades brasileiras recebem cada vez mais estudantes africanos de diversos países, por meio de convênios de cooperação, entre os quais o Programa Estudante Convênio de Graduação (PEC-G) e o Programa Estudante Convênio de Pós-Graduação (PEC-PG).

No entanto, algumas incongruências ainda são observadas no imaginário do brasileiro com relação ao continente. Muitos ainda se referem à África como um país e não como um continente formado por 54 países; esquecem da variedade climática, linguística, social, histórica, cultural e utilizam termos como ‘‘cultura africana’’, ‘‘língua africana’’. Há quem diga que o Haiti e a Jamaica ficam na África.

Para desmistificar a ideia de África, historicamente construída, universidades Brasil a fora, por meio, sobretudo de associações de estudantes africanos, celebram a Semana da África, evento em alusão ao Dia da África, celebrado em 25 de maio.

A data foi definida em referência à fundação da Organização da União Africana (OUA), em 1963, momento em que líderes de 30 dos 32 países africanos independentes à época se reuniram na capital da Etiópia, Addis Abeba, atual sede da OUA, para lutar contra o colonialismo europeu e a emancipação dos povos do continente.

Sob o tema África além do imaginário eurocêntrico, na Universidade de Brasília, a programação conta com feira de artesanato, oficinas, apresentações culturais, palestras e até torneio de futsal.

Para esta terceira edição, os estudantes desenvolveram o projeto fotográfico ‘‘Desconstruindo os preconceitos contra africanos’’, os quais aparecem em um ensaio com frases que costumam ouvir ou frases que buscam criar uma conscientização das culturas africanas.

Na Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira, nos campi de Redenção, Ceará e dos Malês, na Bahia, há também programação especial. Acompanhe conosco e programe-se.

UFMG:

Roda de conversa com Abdoul Razack Fassassi, nascido no Benin e graduando em Economia.

  • Data: 25 de maio
  • Local: Espaço do Conhecimento UFMG
  • Horário: 15h

UnB:

África além do imaginário eurocêntrico

  • Data: até 25 de maio
  • Local: UnB – Campus Darcy Ribeiro (Asa Norte) e Gama
  • Programação no site: http://bit.ly/2HMlXi3

UNILAB: CAMPUS DOS MALÊS/BA

IV Festival das Culturas da UNILAB 2019 e VI Semana da África

 UNILAB: Campus Redenção/CE

 V Semana da África e IV Festival das Culturas.

  • Data: 21 a 25 de maio de 2019
  • Local: Campus Liberdade
  • Programação

http://bit.ly/2WfEHj3

UFRGS

Fluxos Transnacionais e Africanidade

UFPel

 

 UFMT: Campus de Rondonópolis

Multiculturalismo e Ensino de História: pensar a África ontem, hoje e amanhã

De |maio 21st, 2019|Destaque, Notícia, Secundária|Comments Off on Universidades promovem semana de programação especial para celebrar o Dia da África, 25 de maio