Bolsa Família e BPC são antecipados para municípios em situação de emergência e calamidade

As famílias atendidas pelos Programas Bolsa Família e Benefício de Prestação Continuada (BPC) residentes nos municípios atingidos pelas fortes chuvas em Minas Gerais, Espírito Santo e Rio de Janeiro já podem sacar a parcela correspondente ao mês de janeiro. O ministro da Cidadania, Osmar Terra, anunciou nesta segunda-feira (27) que a mesma será antecipada devido a situação de calamidade declarada pelos três estados. Neles, 85 munícipios se encontram em situação de emergência, entre eles 10 têm 28 comunidades quilombolas certificadas.

As fortes chuvas derivam do fenômeno conhecido como Zona de Convergência do Atlântico Sul, um sistema meteorológico que conduz umidade da Amazônia até o Oceano Atlântico, passando pelo Centro-Oeste até chegar à costa da região Sudeste do país. Trata-se de um fenômeno comum durante o verão, mas, que neste ano por outros fatores tornou o período chuvoso mais forte que o normal. Devido às catástrofes, em fevereiro o saque da parcela de cada um dos benefícios estará disponível a partir do dia 12, desconsiderando o calendário oficial.

Outra medida do Ministério da Cidadania em amortecimento aos impactos das chuvas será contribuir com investimentos para a manutenção de abrigos de acolhimento às famílias atingidas. A pasta irá disponibilizar aos municípios o valor de R$ 20 mil para cada grupo de 50 pessoas desabrigadas ou desalojadas. “Com o tempo, será cada vez mais necessária nossa atuação para não deixar que essas famílias fiquem numa situação pior do que já estavam. É um trabalho contínuo, que vai garantir cidadania para todos”, garantiu Terra.

Confira a lista de municípios contemplados pelas ações do Ministério da Cidadania:

Com informações : Ministério da Cidadania

De |janeiro 28th, 2020|Banner, Notícia|Comments Off on Bolsa Família e BPC são antecipados para municípios em situação de emergência e calamidade