Estande Cultural

Livro:  Estrelas Além do Tempo

Margot Lee Shetterly é uma escritora estadunidense de não-ficção, nascida em Hampton, na Virginia, era filha de um cientista no Langley Research Center, da NASA. Em 2016 escreveu o livro Estrelas Além do Tempo, fruto de uma história real acerca de mulheres afro-americanas, cientistas do século XX. A obra é narrada por uma das integrantes do grupo de cientistas matemáticas da NASA e conta a história do que se passa na corporação durante a segunda guerra mundial: uma equipe de mulheres afro-americanas, contratada para suprir a mão de obra pela indústria aeronáutica, se mostra determinada a apresentar seu potencial em meio ao racismo e a discriminação de gênero. Elas provam ser verdadeiras heroínas levando o primeiro homem à lua. O Livro contém 545 páginas que traduzem o racismo e a discriminação ainda presente no século XX. É uma leitura intensa, fascinante e necessária para a construção de conceitos como o feminismo e a luta por igualdade social e racial.

Clique (AQUI) acompanhe e conheça mais obras  do autor.

 

Filme: Harriet

Indicado ao Oscar 2020, o filme baseado em uma história real conta como viveu Harriet Tubman, mulher negra, nascida no começo do século 19 (1820), durante o período de escravidão dos Estados Unidos. Na adolescência, ela foi atingida na cabeça por um pedaço de ferro jogado por um senhor de engenho e ficou com um ferimento que a deixou com sequelas por toda a vida. Por nunca ter se recuperado completamente, como consequência, por vezes caia em sono profundo e durante os sonhos tinha visões nas quais ajudava na libertação de escravizados. O filme resgata como, já mais velha, com 27 anos, Harriet foge algumas vezes e começa a agir como libertadora de outras famílias escravizadas através de uma rede abolicionista secreta chamada The Underground Railroad. Durante a Guerra Civil Americana, atuou de forma importante como enfermeira, batedora, espiã, chegando a comandar o Segundo Batalhão Negro da Carolina do Sul. Foi reconhecida por ter sido a primeira mulher a liderar uma expedição armada na guerra, guiando o ataque pelo Rio Combahee, lutando não apenas pela própria liberdade, mas auxiliando e libertando mais de 700 pessoas.

Clique (Aqui) e assista o Trailer

 

Música: Ellen Oléria

Álbum: Ao Vivo na Garagem

A cantora, compositora, atriz e ativista Ellen Oléria nasceu e foi criada em Brasília, capital onde também se formou em Artes Cênicas na Universidade de Brasília (UnB). Com mais de 16 anos de estrada acumula prêmios e festivais, cinco discos lançados e turnês internacionais, foi premiada como melhor cantora de canções populares pelo Prêmio da Música Brasileira (MPB) por gravações realizadas em setembro de 2011 no Teatro Garagem do Sesc em Brasília. Na sequência, Ellen disponibilizou seus trabalhos desde dezembro de 2012 no Youtube, porém a gravação só foi lançada oficialmente em maio de 2013. Seu primeiro álbum, Ao Vivo na Garagem, contou com as participações de Hamilton de Holanda e o rapper Emicida.

Clique (AQUI) e conheça o trabalho da artista.

 

Evento: 41ª Noite da Beleza Negra

A 41ª Noite da Beleza Negra, realizada pelo bloco afro Ilê Aiyé, acontecerá neste sábado (8), na Senzala do Barro Preto, na ladeira do Curuzu – Salvador (BA).

Quinze candidatas concorrem ao prêmio de Deusa do Ébano 2020, e no dia 08 de fevereiro a nova deusa, que comandará e será representante do bloco durante o carnaval, será conhecida.

O evento terá apresentações das cantoras Daniela Mercury, Nara Couto e o show “Encontro de Poder”, com Graça Onasilê, Marcia Short e Patrícia Gomes. Além da anfitriã Band’Aiyê.

A noite da Beleza Negra é uma festa de celebração e exaltação da beleza da mulher negra. A Rainha do Ilê Aiyê, dentre todas as atribuições, tem também a missão de levar ao público a consciência sobre ser mulher negra na sociedade.

O evento acontecerá a partir das 21h, os ingressos custam entre R$25 e R$50 e podem ser adquiridos através do SYMPLA  (CLIQUE AQUI E SAIBA MAIS).

De |fevereiro 7th, 2020|Banner, Notícia|Comments Off on Estande Cultural