Cresce em 65% número de visitantes à Serra da Barriga em Alagoas

Resultado de imagem para serra da barrigaCresceu em 65% o número de visitantes à Serra da Barriga, em União dos Palmares, no comparativo entre os anos de 2018 e 2019, de acordo com estatísticas apuradas pela Representação da Fundação Cultural Palmares, em Alagoas, responsável pela administração do local, reconhecido como patrimônio do Mercosul.

Pelos dados divulgados pela Representação, em 2018 foi registrado que 13.538 pessoas passaram pelo local onde está situado o Parque Memorial Quilombo dos Palmares. No ano passado, 2019, o número de visitantes nacionais e estrangeiros chegou à 34.128.

A visita ao Parque conduz turistas, estudantes e apaixonados do mundo todo a conhecer a história da República dos Palmares. No ano de 2018, os estados brasileiros com maior índice de visitação à Serra foram Alagoas, liderando o ranking, seguida de Pernambuco, de São Paulo, do Rio Grande do Sul, de Minas Gerais e do Paraná. Entre visitantes de outros países se destacaram representantes da Alemanha e Argentina. Em 2019, esses índices também aumentaram, pois foram atraídos norte-americanos, italianos e portugueses. No Brasil, Alagoas foi o estado mais representado durante as visitações e, na sequência, destacaram-se Pernambuco e São Paulo.

De acordo com Diogo Palmeira, assessor técnico da Representação Regional da FCP em Alagoas, as pessoas procuraram o espaço para sentir a emoção de onde existiu um dos maiores símbolos de resistência da história afro-brasileira: o Quilombo dos Palmares. “Aqui vêm pessoas só por turismo, ligadas à religiosidade, mas a maior parte delas vem ao Parque para conhecer a história do quilombo e de Zumbi”, disse.

Por todo o ano, a Fundação promove, em parceria com o governo municipal de União dos Palmares, ações com o objetivo de incentivar as visitações fomentando a valorização da cultura afro-brasileira. O 20 de Novembro, Dia Nacional de Zumbi e da Consciência Negra, é a data com a maior visitação pública devido às celebrações em memória dos legados negros.

Parque Memorial Quilombo dos Palmares – Gerido pela Fundação Palmares, o espaço é fruto de mais de 25 anos de luta do movimento negro e está situado na Serra da Barriga. Começou a receber visitações públicas ainda em 2007, ano em que foi fundado. A Serra, tombada pelo Instituto Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) em 1985, é uma área de 27,92 Km² e abrigou nos anos 1600, o Quilombo dos Palmares. Importante legado para a população negra brasileira, foi também reconhecida como Patrimônio Cultural do MERCOSUL em 2017.

“Para mim que estudo a fundo essas questões, visitar a Serra foi a experiência mais forte e significativa que eu tive porque acredito que, para todo mundo, ela, o quilombo, tem uma representação histórica muito grande”, relata Mateus Santana, colaborador da FCP, que viajou a trabalho no ano 2017. “Poder estar lá, e pisar lá, é uma sensação inexplicável, uma experiência muito intensa que eu recomendo”, completou.

Na entrada do Parque há um mapa para que, quem chega possa se localizar. No local há edificações como o Onjó de farinha (Casa de farinha), o Onjó Cruzambê (Casa do Campo Santo), Oxile das ervas (Terreiro das ervas) e Muxima de Palmares (Coração de Palmares), espaços que reproduzem as construções originais do Quilombo do Palmares, referenciando o modo de vida da comunidade naquela época.

O Memorial Quilombo dos Palmares, é o marco mais emblemático de todos os quilombos que se formaram durante o período colonial brasileiro, tendo durado mais de um século. Para difundir este capítulo da história do Brasil, a Fundação Cultural Palmares te convida visitar:

Endereço: Serra da Barriga, Km 9 – União dos Palmares-AL

Horário de Funcionamento: segunda à sexta, das 8h às 17h. Sábados, domingos e feriados, das 8h às 17h.

 

De |fevereiro 17th, 2020|Banner, Notícia|Comments Off on Cresce em 65% número de visitantes à Serra da Barriga em Alagoas