Quilombolas do Piauí recebem cestas de alimentos para amenizar os feitos do isolamento social

Cerca de 1.776 cestas básicas estão sendo distribuídas para 888 famílias de comunidades quilombolas em Teresina/PI. A ação é realizada pela Fundação Cultural Palmares (FCP) em parceria com o Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH). Serão contempladas comunidades dos municípios de Isaías Coelho, Assunção do Piauí, Campinas do Piauí, e Redenção do Gurguéia.

A iniciativa tem como objetivo amenizar os efeitos do isolamento social promovido pela pandemia do novo coronavírus (Covid-19). A medida de caráter emergencial, visa mitigar os efeitos da pandemia em populações em situação de vulnerabilidade social, evitando que famílias saiam de casa para buscar alimentos em outras localidades.

As entregas fazem parte do Plano de Contingência para Populações Vulneráveis – anunciado pelo Governo Federal e coordenado pelo MMFDH – que prevê o investimento de R$ 4,7 bilhões em políticas para minimizar os efeitos provocados pela Covid-19. O objetivo dessa força tarefa é de beneficiar cerca de 160,6 mil famílias indígenas e quilombolas em todo o país.

Até o momento, foram entregues para famílias indígenas e quilombolas cerca de  6 mil cestas em Alagoas; 2,5 mil no Amazonas; 16,3 mil na Bahia; 588 no Ceará; 3,8 mil no Maranhão; 14,5 mil em Minas Gerais; 13,7 mil no Mato Grosso; 6,3 mil na Paraíba; 19 mil em Pernambuco; 1,3 mil no Rio Grande do Norte; 14,4 mil no Rio Grande do Sul; 2,6 mil em Santa Catarina e 1,7 mil em São Paulo.

Cada cesta contém 21 kg de produtos, com a seguinte composição: 10 kg de arroz; 4 kg de feijão; 2 kg de açúcar; 2 kg de farinha de mandioca; 1 kg de leite em pó; 1 kg de macarrão e 1 pet de óleo de soja.

De |junho 24th, 2020|Destaque, Notícia, Secundária|Comments Off on Quilombolas do Piauí recebem cestas de alimentos para amenizar os feitos do isolamento social