Construindo uma Fundação mais próxima da sociedade

Na manhã de quinta-feira (02), o presidente da Fundação Cultural Palmares (FCP) Sérgio Camargo, reuniu-se em sua sede provisória localizada na esplanada dos Ministérios, com a chefe de gabinete, os diretores dos departamentos, coordenadores-gerais e parte do corpo técnico da instituição, de modo a definir e alinhar as ações estratégicas para a gestão 2020 – 2023.

“Construindo uma Fundação mais próxima da sociedade”, foi assim que o Coordenador-Geral Alexandre Fineas, iniciou a apresentação do planejamento estratégico que será adotado no período de 2020 – 2023. Planejamento esse que tem como objetivo otimizar toda estrutura organizacional da instituição, tornando-a referência em gestão. Para Fineas, é imprescindível uma atuação transparente e eficiente quanto aos recursos disponibilizados e sua aplicação efetiva na instituição e em seu público finalístico.

A coordenadora de planejamento, orçamento, finanças e modernização, Simone Andrade Hastenreiter (CGE), apresentou o planejamento utilizado por gestões anteriores, mostrando o que foi aplicável e passível de continuidade e o que precisa ser ajustado, entendendo que a missão da atual gestão é fazer com que a cultura afro-brasileira seja algo fomentando em todas as pontas onde a população negra se encontra e não apenas a grupos específicos.

Já a assessora técnica de comunicação, Raquel Brugnera, levantou os aspectos políticos que envolvem esse novo planejamento, bem como sua aplicação dentro de uma instituição Pública. Brugnera, acredita que a FCP deve atuar como um banco de fomento para os negros que produzem e consomem arte e cultura. Já as questões que envolvem crimes raciais devem ser geridas pela SEPIR(Secretaria Especial da Promoção da Igualdade Racial).

Segundo o Presidente Sérgio Camargo, a missão é fazer com que verba pública chegue aos quilombolas e negros moradores de áreas urbanas, sem intervenção de grupos partidarizados que tentam tomar para si a total representatividade do negro no Brasil. Para os presentes, o compromisso e espirito era um só: fazer uma gestão histórica e deixar um legado para a população brasileira.

De |julho 3rd, 2020|Banner, Notícia|Comments Off on Construindo uma Fundação mais próxima da sociedade