Lista de Personalidades Negras – Chica Xavier

Francisca Xavier Queiroz de Jesus (Salvador-22 de janeiro de 1932  – Rio de Janeiro-08 de agosto de 2020).

Uma das grandes atrizes de teatro, de cinema e da televisão que o Brasil já teve, Francisca Xavier Queiroz de Jesus  –  Chica Xavier, como era conhecida no mundo televisivo. Nascida em 22 de janeiro de 1932 na cidade baiana de Quinta da Barra, hoje Barra Avenida. Iniciou os seus trabalhos com apenas 14 anos de idade, na Imprensa Oficial do Estado da Bahia, como aprendiz de encadernadora. Só em 1953 com a sua mudança para o Rio de Janeiro, ela iniciou o seu estudo em teatro com Pascoal Carlos Magno.

Neste ano também ela começou a namorar com o ator Clementino Kelé, primeiro e único namorado, eram amigos desde a adolescência. Ao mudarem para o Rio de Janeiro, realizaram o sonho de trabalharem juntos com artes cênicas e ainda seguia o candomblé. Chica viveu alguns anos em um apartamento no bairro de Humaitá, só no final dos anos 80, no bairro de Sepetiba, ela iniciou como mãe-de-santo e tendo seu próprio terreiro.

Dando continuidade no teatro, em 1956, estreou no Teatro Municipal com a peça “Orfeu da Conceição”, atuando com Haroldo Costa, Léa Garcia, Cyro Monteiro, Dirce Paiva, Clementino Kelé, entre outros. O seu papel era Dama Negra, caracterizada como a Morte e em sua apresentação declamava versos de Vinícius de Moraes e dançava ao som de atabaques.

Atuou no teatro nacional há mais de 60 anos, sendo grande personalidade da representatividade negra na arte do Brasil.

Destacou-se por seus trabalhos nas telenovelas, com atuação em mais de 50 personagens.

Com a sua composição de rezas e cantigas durante 30 anos, resolveu lançar um livro em 1999 com a finalidade de louvar seus santos de fé. A sua filha Izabela (artista plástica Bela d’Oxossi) ilustrou em seu inteiro teor “Chica Xavier canta sua prosa” (Topbooks).

Marcou presença em várias novelas de época da Rede Globo, como “Esperança”, “A Força de um Destino”, “Dancin’ Days” (1978), “Renascer” (1993), “Pátria Minha” (1994), “Cara e Coroa”, “Força de um Desejo” (1999), “Sinhá Moça” (1986). Em 2005, Miguel Falabella convidou-a para integrar o elenco da novela “A Lua me Disse” e em especial, atuou na minissérie “Tenda dos Milagres” (1985), dando vida à mãe-de-santo Magé Bassã e com produções ainda No Canal Futura, TV Bandeirantes, Manchete e Educativa.

No cinema, teve presença marcante no clássico “Assalto ao Trem Pagador” (1962), de Roberto Farias, onde foi sua estreia. E ainda em “Partilha” (2001) e no longa metragem “Nosso Lar” (2010). Neste segmento teve a participação em 11 filmes.

Um dos seus últimos trabalhos foi no folhetim “Cheias de Charme”, como a Cleonice, com exibição em 2012. Como homenagem póstuma, foi agraciada com a criação do Instituto Cultural no Palco da Vida localizado em Olaria na Rua Uranos, próximo ao complexo do Alemão, abrindo espaço para oficinas, cursos e espetáculos com a finalidade de valorizar a cultura da região, contando com biblioteca, videoteca com mais de 10 mil títulos sobre cultura, arte e exposição permanente de sua composição artística.

A atriz faleceu em 08 de agosto de 2020, vítima de um câncer no pulmão, tendo agravado devido ser muito idosa, diabética e hipertensa, estava internada no Hospital Vitória, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio de Janeiro.

De |março 5th, 2021|Banner, Notícia|Comments Off on Lista de Personalidades Negras – Chica Xavier