Maria Osmarina Marina Silva Vaz de Lima nasceu em Rio Branco, no Acre, em 1958. Filha de seringueiros enfrentou uma vida difícil. Perdeu a mãe na adolescencia, trabalhou como empregada doméstica e começou a estudar tarde. Porém o progresso nos estudos foi rápido levando-a a tornar-se referência em suas graduações. Ambientalista, historiadora e pedagoga dedicou-se a causa da floresta amazonica.

Em quase 30 anos de vida pública, Marina Silva ganhou reconhecimento dentro e fora do país pela defesa da ética, da valorização dos recursos naturais e do desenvolvimento sustentável. Uma reputação construída em mandatos de vereadora, deputada estadual e senadora – eleita sempre com votações recordes – e no período em que esteve à frente do Ministério do Meio Ambiente, entre janeiro de 2003 e maio de 2008.

Nos cinco anos e quatro meses no governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva passou a ser vista também como gestora competente. Na pasta, uma de suas conquistas foi o Plano de Ação para Prevenção e o Controle do Desmatamento da Amazônia Legal, que contou com o esforço integrado de 14 ministérios. Graças ao projeto, o ritmo de desmatamento da Amazônia caiu 57% em apenas três anos.