Informações Quilombolas

Conforme o art. 2º do Decreto nº 4.887, de 20 de novembro de 2003, “consideram-se remanescentes das comunidades dos quilombos, para os fins deste Decreto, os grupos étnico-raciais, segundo critérios de auto-atribuição, com trajetória histórica própria, dotados de relações territoriais específicas, com presunção de ancestralidade negra relacionada com a resistência à opressão histórica sofrida.”

São, de modo geral, comunidades oriundas daquelas que resistiram à brutalidade do regime escravocrata e se rebelaram frente a quem acreditava serem eles sua propriedade.

As comunidades remanescentes de quilombo se adaptaram a viver em regiões por vezes hostis. Porém, mantendo suas tradições culturais, aprenderam a tirar seu sustento dos recursos naturais disponíveis ao mesmo tempo em que se tornaram diretamente responsáveis por sua preservação, interagindo com outros povos e comunidades tradicionais tanto quanto com a sociedade envolvente. Seus membros são agricultores, seringueiros, pescadores, extrativistas e, dentre outras, desenvolvem atividades de turismo de base comunitária em seus territórios, pelos quais continuam a lutar.

Embora a maioria esmagadora encontrem-se na zona rural, também existem quilombos em áreas urbanas e peri-urbanas.

Em algumas regiões do país, as comunidades quilombolas, mesmo aquelas já certificadas, são conhecidas e se autodefinem de outras maneiras: como terras de preto, terras de santo, comunidade negra rural ou, ainda, pelo nome da própria comunidade (Gorutubanos, Kalunga, Negros do Riacho, etc.).

De todo modo, temos que comunidade remanescente de quilombo é um conceito político-jurídico que tenta dar conta de uma realidade extremamente complexa e diversa, que implica na valorização de nossa memória e no reconhecimento da dívida histórica e presente que o Estado brasileiro tem com a população negra.

Abaixo segue os banners para acesso as seguintes informações:

Últimas Notícias

Palmares Indica

Palmares Indica Nós estamos constantemente produzindo coisas boas e muitas vezes não chega ao conhecimento de muitos, muitas vezes não há um espaço na mídia. Devido isso a FCP vai fazer indicações semanais de livros, [...]

De Rodésia do Sul ao atual Zimbábue: 18 de abril, dia da Independência do Zimbábue.

Antes da chegada dos europeus, portugueses (século XV) e colonos ingleses (XIX) liderados por Cecil Rhodes, a região onde hoje é o Zimbábue era habitada pelos povos shona e ndebeles (zulus). Entre os séculos XIII [...]

Palmares Indica

FILME: O menino que descobriu o vento (2019) O filme narra a história de um menino de 14 anos que construiu uma turbina eólica para bombear água para o seu vilarejo que passava por um [...]

12 de abril – Hoje nascia Esmeraldo Tarquínio, primeiro e único negro eleito prefeito de Santos.

Hoje (12), completa 92 anos do nascimento de Esmeraldo Soares Tarquínio de Campos Filho. Um grande político que deixou registrado na história sua defesa pelos direitos da comunidade negra de Santos/SP como vereador, prefeito e [...]

Estátua em homenagem a Mãe Stella de Oxóssi é inaugurada

Na última terça feira (9) foi inaugurada, em Salvador, duas esculturas em homenagem a Mãe Stella de Oxóssi, importante líder espiritual e defensora da igualdade racial, que faleceu há quatro meses. As esculturas são de [...]