O I Prêmio Nacional de Expressões Culturais Afro-brasileiras foi instituído pelo Centro de Apoio ao Desenvolvimento Osvaldo de Santos Neves (CADON), com apoio do Ministério da Cultura, Fundação Cultural Palmares e Petrobrás; e compõe o conjunto de instrumentos associados a um modelo de gestão que objetiva democratizar o acesso à verba pública e valorizar as manifestações artístico-culturais de matriz africana.

Lançado no primeiro semestre de 2010, selecionou 20 dos 1.001 projetos inscritos nas áreas de dança, teatro e artes visuais. As cinco regiões do Brasil foram contempladas, por meio dos estados do Pará, Rio de Janeiro, São Paulo, Rio Grande do Sul, Rondônia, Tocantins, Mato Grosso, Maranhão, Pernambuco, Alagoas, Bahia, Paraná e Santa Catarina, além do Distrito Federal.

Foram 20 trabalhos distribuídos pelas regiões Norte, Nordeste, Centro-Oeste, Sudeste e Sul: cinco de teatro, cinco de dança e 10 de artes visuais. Concebido em 2006, como fruto dos debates travados durante o 2º Fórum Nacional de Performance Negra, realizado em Salvador (BA), o prêmio foi efetivado em forma de edital, no valor total de R$ 1 milhão, e sob patrocínio da Petrobrás. Confira o edital deste ano.

Para obter mais informações sobre como concorrer a este edital em 2011, envie um e-mail para dep@palmares.gov.br