Dia Nacional da Consciência Negra



Data representa a luta de Zumbi pela liberdade e a resistência negra ao escravismo

Há 312 anos, no dia 20 de novembro, morria um grande ícone da resistência negra ao escravismo e da luta pela liberdade: Zumbi dos Palmares. Em face disso, comemora-se nesta mesma data, no Brasil, o Dia Nacional da Consciência Negra, dedicado à reflexão sobre a inserção do negro na sociedade brasileira. Sendo assim, uma série de eventos serão realizados em várias cidades brasileiras.

Com o apoio do Ministério da Cultura, por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura, ocorre em Belo Horizonte, de 19 a 25 de novembro, a 4° edição do Festival de Arte Negra (FAN). Na programação, apresentações de artistas nacionais e internacionais, representantes da cultura negra vindos da África e das suas diásporas, cortejo, exposições, espetáculos de teatro e dança, mostra de cinema, dentre outras atividades.

Na Comunidade de Largo da Vitória, no município baiano de Riacho de Santana, os quilombolas farão uma caminhada, nesta terça-feira (dia 20), com reivindicações e protestos por seus direitos, além de participarem de debates com temas da história da comunidade e mesa-redonda, com contos, histórias e mitos de Largo da Vitória. O evento é aberto ao público.

Em Alagoas, será realizado, às 21h do dia 20, na Praça Basiliano Sarmento, em União dos Palmares, um show musical com o reggaeiro Edson Gomes e com o grupo oriundo do município, Thiago Correia e Comunidade Quilombolas. As comemorações prosseguem com a 20ª Romaria na Terra de Zumbi, dia 24, durante a madrugada, na Serra da Barriga, também chamada de Cerca Real dos Macacos, que foi a sede do Quilombo dos Palmares.

O IV Salão Nacional de Fotografias – Brasil Afro homenageará a cultura afro-brasileira no município de Votorantim, em São Paulo. Ao todo, foram recebidas cerca de 330 imagens, das quais 60 serão expostas, a partir do dia 20. O objetivo é mostrar o trabalho de fotógrafos amadores e profissionais e registrar os costumes e tudo o que se refere à cultura afro, bem como os próprios afro-descendentes. Veja as fotos da mostra.

Até sábado, dia 24, o Ponto de Cultura Nas Trilhas da Cidadania Cultural, de Minas Gerais, juntamente com os coletivos artístico-culturais que o integram, realiza a 2ª Semana da Consciência Negra: o Ponto da África em Diamantina. O evento conta com diversas atividades, dentre as quais mostras de vídeo, palestras, oficinas, debates, lançamento de livros, e exposições fotográficas.

De 28 de novembro a 2 de dezembro, ocorre a 4ª Mostra Internacional do Cinema Negro, sob a curadoria do cineasta e antropólogo Celso Prudente. A iniciativa, que homenageará Abdias do Nascimento – ativista do Movimento Negro, ator, teatrólogo e escultor -, tem por objetivo ampliar a reflexão acerca da presença do negro no cinema. Será exibida uma seleção de filmes nos quais o samba e o futebol serão os personagens principais. Na Cinemateca Brasileira, em São Paulo. Veja a programação.

Leia também: Parque Memorial Quilombo dos Palmares.

Celebração Negra

De acordo com o texto publicado na página eletrônica da Secretaria Especial de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (Seppir), ligada à Presidência da República, em 1971, ativistas do Grupo Palmares, do Rio Grande do Sul, chegaram à conclusão de que 20 de novembro tinha sido a data de execução de Zumbi e estabeleceram-na como Dia da Consciência Negra.

Sete anos depois, o Movimento Negro Unificado incorporou a data como celebração nacional. Em 2003, a Lei nº 10.639, de 9 de janeiro, sancionada pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, estabeleceu a data como parte do calendário escolar brasileiro.

O 20 de novembro foi instituído como data de referência para o movimento em contraposição ao 13 de maio, quando foi decretada a Abolição da Escravatura, a chamada Lei Áurea, pela princesa Isabel, em 1888. O 13 de maio expressa, portanto, a celebração da generosidade de uma branca em relação aos negros, em vez de enfatizar a própria luta dos negros por sua libertação.

De |novembro 20th, 2007|Notícia|Comments Off on Dia Nacional da Consciência Negra