Universidade Federal de Mato Grosso aprova a criação do Programa de Inclusão de Estudantes Quilombolas

O Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (Consepe) da Universidade Federal de Mato Grosso aprovou, no último dia 26 de setembro de 2016, a criação do Programa de Inclusão de Estudantes Quilombolas (Proinq).

O programa prevê uma política de ação afirmativa para o ingresso de estudantes quilombolas do Estado de Mato Grosso na UFMT, com a oferta de 100 vagas anuais, por um período de dez anos, a partir de 2017.

A proposta foi apresentada pela Pró-Reitoria de Assistência Estudantil (Prae) a partir da reivindicação de “acesso ao ensino superior” demandada por representações das comunidades quilombolas, Conselho de Políticas de Ações Afirmativas, de todos os segmentos da Universidade e também com outras instituições governamentais federais e estaduais.

O programa será coordenado pela Prae, que será responsável pelo processo seletivo diferenciado e pela gestão das vagas durante o período. Há o compromisso de que, durante o período, as vagas sejam disponibilizadas em todo os 106 cursos de graduação da UFMT.

Para informações adicionais a equipe da Prae está à disposição pelo telefone 3615-8175 ou pelo e-mail prae@ufmt.br.  

 

Fonte: Reitoria da Universidade Federal de Mato Grosso

De |fevereiro 8th, 2017|Notícia, Secundária, Sem categoria|Comments Off on Universidade Federal de Mato Grosso aprova a criação do Programa de Inclusão de Estudantes Quilombolas