Público elogia exposição com ícones negros

Acontece no Congresso Nacional, na Galeria do Senado e Espaço Cultural Senador Ivandro Cunha Lima, em Brasília, a exposição do artista Selvo Afonso Ícones Negros, que rememora a história e a cultura afro e afro-brasileiras. São 36 quadros, que representam personalidades negras, exemplos na luta pela igualdade racial.

A mostra é realizada pela Associação Pérola Negra, com apoio da Fundação Cultural Palmares (FCP) e pode ser vista até 15 de outubro, das 8h às 17h. O evento faz parte do calendário de comemorações do Dia da Consciência Negra (20 de novembro).

O artista Selvo Afonso conta que a exposição resulta de trabalho intenso de pesquisa, que contou com a parceria da doutora professora Marilena Silva e de 100 pesquisadores. A seleção das pessoas retratadas teve como critério a importância dos seus legados.  “Aqui estão representadas várias categorias: escritores, atletas e políticos, muitos perseguidos e mortos. Trata-se de um grito de alerta e, mais do que isso, tem preocupação educativa. Procurei passar em meus traços e expressões dignidade e vida”, relata o Selvo.