Fundação Palmares distribui 5 mil livros em Maceió

Até este domingo, 19 de novembro, moradores e visitantes de Maceió podem conhecer o projeto Vamos Subir a Serra, no Espaço Cultural Zumbi dos Palmares, na Praça Multieventos, na praia de Pajuçara. O evento reúne palestras, atrações culturais e uma feira com produtos de quilombolas e afroempreendedores.

Foto: Marcelo Araujo

A Fundação Cultural Palmares (FCP), que apoia o projeto, montou um estande. Nele, estão os livros do Prêmio Oliveira Silveira e do Conhecendo Nossa História: da África ao Brasil. Desde quarta-feira (15), já foram distribuídas cerca de 5 mil publicações. A programação começa às 9h e a feira, às 14h.

Para o coordenador-geral do Centro Nacional de Informação e Referência da Cultura Negra (CNIRC) da FCP, Vanderlei Lourenço, o Vamos Subir a Serra abre novo espaço à cultura negra. “Temos aqui um ambiente que combina empreendedorismo, arte e debates sobre os principais temas relacionados à população afro, destaca Vanderlei.

Foto: Marcelo Araujo

Um dos autores contemplados pelo Prêmio Oliveira Silveira, da FCP, Júlio César Andrade autografou o livro Haussá 1815 – Comarca das Alagoas.  “A cultura negra precisa de mais evidência. Importante que se saiba que a maioria dos alagoanos descende do povo afro, observa Júlio.

Foto: Marcelo Araujo

Vindas da Comunidade Quilombola Muquém, em União dos Palmares, as artesãs Maria Madalena Barbosa e Albertina Nunes se animaram com o projeto. Garantem que venderam bem. Maria Madalena confecciona bonecas e Albertina, peças em cerâmica.  “Pudemos não só mostrar nosso trabalho como o de outros profissionais”, conta Albertina.  “Achei tudo ótimo.  Esse evento tem que acontecer sempre, elogiou Maria Madalena.