Contos Negreiros do Brasil retratam condição de personagens afro contemporâneos

Um espetáculo que retrata a condição atual do negro no país. Esta é a característica de Contos Negreiros do Brasil, que pode ser visto pelo público paulistano no Sesc Bom Retiro (Alameda Nothman, 185), às sextas-feiras e sábados, às 21h, e aos domingos, às 18h, até o dia 27 de maio.

Com texto de Marcelino Freire, Contos Negreiros do Brasil têm direção de Aline Borges, Fernando Philbert, Milton Filho e Rodrigo França. Aline, Milton e Rodrigo também formam o elenco.

A peça destaca personagens afro-brasileiros como um jovem estudante, um LGBT, uma mulher extremamente sexualizada e um menor infrator. Enquanto o sociólogo Rodrigo França apresenta dados oficiais sobre a condição dos negros em nossa sociedade, Aline e Milton interpretam todos os tipos do enredo. As cenas envolvem elementos dramáticos com base em aspectos sócio-culturais.

Os ingressos custam R$ 30, com direito a meia entrada (R$ 15) para estudantes, servidores de escolas públicas, maiores de 60 anos, aposentados e portadores de necessidades especiais. Trabalhadores dos segmentos de comércio, serviços e turismo matriculados no Sesc e seus dependentes pagam R$ 9.

 

 

De |maio 18th, 2018|Notícia|Comments Off on Contos Negreiros do Brasil retratam condição de personagens afro contemporâneos