Centro Nacional de Informação e Referência da Cultura Negra tem novo coordenador

 

Fotomontagem: Daiane Souza/FCP

Carlos Moura é o novo coordenador geral do CNIRC

Por Joceline Gomes

Com longa experiência na cultura afro-brasileira, Carlos Alves Moura é o novo coordenador geral do Centro Nacional de Informação e Referência da Cultura Negra (CNIRC). Nomeado no último dia 17, Moura já está familiarizado com a Fundação Cultural Palmares, da qual já foi presidente por duas vezes.

Formado em Direito, iniciou a vida profissional como advogado de Sindicatos e da Federação de Trabalhadores Rurais do Estado do Rio de Janeiro. Em 1963 assessorou a fundação da Confederação Nacional dos Trabalhadores da Agricultura (CONTAG) e em 1976 tornou-se Assessor Jurídico da instituição.

No mesmo ano, mudou-se para Brasília e fundou o Centro de Estudos Afro-brasileiros (CEAB), do qual foi presidente. Seu desempenho no CEAB chamou a atenção, e dois anos depois tornou-se assessor para assuntos de cultura afro-brasileira do Ministério da Cultura (MinC), onde realizou atividades de relevância internacional.

FUNDAÇÃO – Sua atuação no MinC e nos demais órgãos governamentais, sempre levando reivindicações das entidades do movimento negro, foi decisiva para a criação da Fundação Cultural Palmares, em 1988, da qual foi o primeiro presidente, voltando ao cargo em 2001.

Como Presidente da Palmares, em 2001, foi integrante da Delegação Brasileira à III Conferência Mundial de Combate ao Racismo, Discriminação Racial, Xenofobia e Intolerâncias Correlatas em Durban, na África do Sul.

Entre 2003 e 2007 participou do Conselho Nacional de Políticas de Promoção da Igualdade Racial, órgão da Secretaria Especial de Políticas de Promoção da Igualdade Racial da Presidência da República (SEPPIR), onde permaneceu, como assessor especial do Ministro, até este ano, quando foi convidado para ser coordenador do CNIRC.

 Criação: Daniel Cabral

De |junho 21st, 2011|Destaque, Notícia|Comentários desativados em Centro Nacional de Informação e Referência da Cultura Negra tem novo coordenador