Palestrante quilombola Lucely explica medicina natural.

No último dia 8, aconteceu no auditório da Fundação Cultural Palmares (FCP), a palestra com a quilombola Lucely Morais Pio, especialista em fitoterápicos e curas tradicionais. Natural do quilombo do Cedro, localizado no município de Mineiros/GO, a geoterapeuta contou sua trajetória de vida e como os métodos naturais podem ser grandes aliados na cura de todas as doenças.

Lucely afirma que os primeiros conhecimentos com plantas do cerrado vieram através de sua avó e, com cinco anos de idade, já sabia a função de cada planta que colhia. Em 1985, a pastoral da criança a convidou para unir os seus conhecimentos tradicionais com a medicina natural, a fim de estimular o trabalho já realizado na comunidade do Quilombo do Cedro. Essa iniciativa despertou em Lucely a vontade de estudar ainda mais sobre as plantas e terapias naturais.

Representante quilombola na Associação Pacari, importante rede formada por organizações comunitárias, que através do uso sustentável do cerrado Brasileiro pratica a medicina tradicional, a quilombola destaca a necessidade de preservação e a valorização do bioma, pois os remédios naturais saem das plantas endêmicas.    

A geoterapeuta e professora convidada da Universidade de Brasília na disciplina “Encontros de saberes”, apresentou as plantas e suas funcionalidades durante a palestra, apontou a importância da dosagem dos remédios naturais e o horário de colheita das ervas, pois cada planta possui um ciclo que deve ser respeitado. O reconhecimento do trabalho realizado por Lucely foi premiado e repassado para outras comunidades através do ensinamento da farmacopeia e suas etapas.

A raizeira e guardiã do Cerrado destaca a importância da medicina tradicional nas comunidades quilombolas para gerar organização, renda, conhecimento da natureza através das plantas e o empoderamento da comunidade.

De |novembro 9th, 2018|Banner, Notícia|Comentários desativados em Palestrante quilombola Lucely explica medicina natural.