EM PROL DOS BRASILEIROS
Palmares empossa novo conselho curador

Os integrantes do novo conselho curador da Fundação Cultural Palmares reuniram-se na tarde da última sexta-feira, 08 de abril de 2022, para a cerimônia de posse, ocorrida na sede da Secretaria de Cultura, em Brasília. No dia seguinte, os conselheiros estiveram presentes nas instalações da entidade para conhecer os departamentos, bem como o seu acervo. Vale ressaltar que o órgão colegiado da Instituição voltou a funcionar após quatro anos desativado.

Conselho Curador com o presidente da Fundação Cultural Palmares

Na cerimônia, com a presença do presidente da Fundação Palmares, Marco Antonio Evangelista, e também de seus diretores, foram empossados os representantes da Comunidade Afro-brasileira, Antônio Ribeiro do Santo Filho; Fernando Santos de Jesus; Mary Angela Brito Alves; Luiz Gustavo dos Santos Chrispino; Jorge de Oliveira; e a representante da Comunidade Indígena, Sarah Coelho de Lima. A advogada Thaíse Carvalho Miranda, também representante da Comunidade Afro-brasileira, participou por videoconferência.

A pastora e mestranda em Ciências da Religião, Mary Angela Brito Alves, afirmou que fazer parte do Conselho Curador da Palmares é uma honra, uma vez que um de seus principais objetivos como integrante será o de desenvolver projetos que possam beneficiar as Comunidades Remanescentes de Quilombo. “É muito importante fazer parte do Conselho, pois isso representa estar na linha de frente, em benefício do cidadão negro. Sou muito grata pela oportunidade, temos muito trabalho a realizar”, comemorou.

O Diácono e enfermeiro Antônio Ribeiro dos Santos Filho disse que pretende apoiar todas as etnias sem distinção de cor, pois todos os cidadãos brasileiros foram e são essenciais para a formação da sociedade. “Meu principal objetivo é trabalhar por uma sociedade mais justa e igualitária, posto que a sociedade brasileira é fruto de uma mistura de todos os povos, ou seja, da miscigenação. Essa será minha linha de atuação, na qual seguirei até o fim”, acentuou.

Para o Professor Luiz Gustavo dos Santos Chrispino, a valorização cultural e histórica da sociedade brasileira é essencial para a construção de uma sociedade igualitária e justa. “Vim para somar na valorização do povo preto. Infelizmente há um abandono na valorização nacional de nossos costumes. Eu vim para resgatar e proporcionar aos brasileiros a formação de sua própria cultura”, reforçou.

Também participaram da cerimônia o Representante do Ministério da Justiça e Segurança Pública: Rafael Raeff Rocha; o Representante do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação, João Eduardo Tabalipa Ferreira; e o Representante do Ministério da Educação, Sérgio de Oliveira.

Sérgio de Oliveira reafirmou seu compromisso com a educação. “Eu venho do Ministério da Educação, então também tratamos das questões quilombolas. Fazer parte do Conselho irá ampliar esse entendimento para essas questões raciais”, completou.

De acordo com o representante do Ministério da Justiça, Rafael Raeff, o papel de um conselheiro é fundamental. Ele ainda lembrou que o cargo torna-se ainda mais importante quando é bem usado. “ É a primeira vez que faço parte do Conselho, não estou somente representando a mim mesmo, mas a todos do ministério. Planejo ao longo destes três anos ter consistência, dando voz aos cidadãos e proporcionando mudanças “, ressaltou.

O Conselho Curador da Fundação Palmares tem como missão formular propostas e opinar sobre questões relevantes para a promoção e preservação dos valores culturais, sociais e econômicos decorrentes da influência negra na sociedade brasileira. Cabe ainda aos conselheiros zelar pela entidade, seu patrimônio e o cumprimento de seus objetivos, bem como elaborar e aprovar o regimento interno do próprio Conselho.

Por Fundação Cultural Palmares

De |abril 13th, 2022|Destaque, Notícia|Comentários desativados em EM PROL DOS BRASILEIROS
Palmares empossa novo conselho curador