NOTA DE PESAR
Quilombola morre aos 110 anos

É com pesar que a Fundação Cultural Palmares lamenta o falecimento de Aurelino Lopes dos Reis, co-fundador e morador do Quilombo São Domingos, localizado em Paracatu, Minas Gerais. Aurelino morreu aos 110 anos de idade e era considerado um dos quilombolas mais velhos do Brasil.

Que nesse momento de tristeza e luto haja paz, conforto, coragem e amor. Manifestamos os nossos mais sinceros sentimentos aos familiares e amigos.

 

Por Fundação Cultural Palmares